Como funciona uma negociação de empréstimo

A negociação de empréstimo é fundamental para quem deseja conseguir crédito a boas condições. Afinal, de nada adianta requerer um empréstimo (possivelmente para pagar dívidas) e não conseguir quitá-lo futuramente.

O que você deve ter em mente é que o banco também tem interesse em lhe emprestar dinheiro, pois ele ganha em cima disso. A agência não está lhe fazendo nenhum grande favor, então tente negociar para que ambos saiam ganhando.

Aqui nós iremos lhe dar algumas dicas para conseguir fechar um bom contrato. São pequenas sugestões, mas todas são bem eficientes e trarão muitas vantagens.

Como funciona a negociação de empréstimo

Para fazer a negociação de empréstimo o primeiro passo é ir até o banco para conversar com o seu gerente. Dê preferência para o banco no qual possui conta, pois pode haver alguns benefícios para os clientes.

No entanto, não aceite o empréstimo logo de cara. Mesmo com benefícios − se houver − pode haver outros bancos que ofereçam condições melhores de empréstimo.

Para negociar o empréstimo é fundamental que conhecer as condições de todos os bancos. Se você tem a oportunidade de fechar com qualquer um deles, por que não pegar a melhor oferta, não é mesmo?

No próximo tópico nós elencamos quais são as principais condições que você deve considerar para a negociação de empréstimo. Não deixe de checá-las antes de fechar o contrato.

O que você deve analisar

  • Juros

Obviamente que quanto menor os juros, menos você vai pagar por ter emprestado dinheiro do banco. Nunca deixe de comparar as taxas de juros.

  • Quantidade de parcelas

Veja se a quantidade de parcelas e o valor delas são condizentes com o seu quadro financeiro e com o tempo que você pode prolongar essa dívida.

  • Data de pagamento

Se o banco estipular uma data de pagamento veja se ela é adequada. Prefira dias de pagamento próximos ao recebimento do seu salário.

  • Tipos de empréstimo

Há vários tipos de empréstimo e você deve avaliar qual deles é o mais interessante para você. Caso puder optar pelo empréstimo consignado, faça isso.

  • Cláusulas em caso de atrasos

Muitos bancos colocam elevadas taxas de juros em caso de atraso. Leia o contrato por inteiro e fique atento às cláusulas polêmicas.

Renegociação de empréstimo

Sobre negociações, existe também a renegociação de empréstimo, que é a saída mais viável para conseguir quitar um empréstimo que já está correndo. Encontrar-se nessa situação não é raro, pois só nós sabemos que, às vezes, determinadas ocasiões ocorrem e não conseguimos quitar nossas dívidas.

Não são todas as pessoas que sabem da possibilidade de renegociar o empréstimo e entram em sucessivas crises de desespero. Se esse é o seu caso, mantenha a calma e preste atenção no que temos a lhe dizer!

O processo é parecido com a negociação de empréstimo. Você irá expor ao seu gerente a sua situação e como o valor das parcelas ou os juros não estão condizentes com a suas condições financeiras.

Como o banco não deseja que você atrase ou deixe de quitar as parcelas (afinal, ele perde com isso também) muito provavelmente você receberá uma proposta mais interessante.

Caso a agência esteja irredutível ainda há outra opção: portabilidade de crédito. Esse trâmite acontece quando você solicita a mudança de empréstimo para outro banco por oferecerem condições mais interessantes.

Em resumo, a negociação de empréstimo − ou renegociação − deve ser feita com calma e sabedoria. Pesquise suas oportunidades e faça um levantamento das condições dos bancos que lhe interessam, assim fica mais fácil encontrar a melhor condição de empréstimo para você.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *